Publicado em Geral

//EU ROUBEI ESSE VERSOS COMO QUEM ROUBA P�O

(quem souber, canta comigo!)

Momentos de Ilus�o

(A. Vicente)

Eu andava no meio da rua sem ter o que fazer

Procurando algu�m que eu possa at� compreender

Solid�o, de solid�o n�o quero morrer n�o

Beijando algu�m que n�o fecha os olhos

Eu estou vivendo momentos de ilus�o

Entre ta�as de vinho e veneno

Pensando em voc�, eu apago a luz

Entre ta�as de vinho e veneno,

Algo que me conduz

Ao som de um blues

Divers�o, divers�o � o que todo mundo quer

Grandes conquistas e grandes amores

S�o grandes riscos, aposte o quanto puder

Solid�o, de solid�o n�o quero morrer n�o

Beijando algu�m que n�o fecha os olhos

Eu estou vivendo momentos de ilus�o

Entre ta�as de vinho e veneno

Pensando em voc�, eu apago a luz

Entre ta�as de vinho e veneno,

Algo que me conduz

Entre ta�as de vinho e veneno

Pensando em voc�, eu apago a luz

Entre ta�as de vinho e veneno,

Algo que me conduzEntre ta�as de vinho e veneno

Pensando em voc�, eu apago a luz

Entre ta�as de vinho e veneno,

Algo que me conduz

Anúncios

Autor:

Fábio Ricardo é jornalista blumenauense apaixonado pelo mundo digital, por inovação e por histórias pra contar. Acha que a vida é melhor cercada de gatos, em cima de uma Harley, com uma caneta na mão e uma cerveja em cima da mesa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s