Publicado em Contos

agora eu s� escrevo contos na m�quina de escrever… achei muito melhor… desenvolve mais, � mais tranquilo, realmente muito melhor. escrevi isso aqui hj de tarde:

Quero ser BukowskiA Banda

Fred caminhava pelas ruas da capital quando passou em frente a um bar, onde uma banda se apresentava. Parou e olhou pela janela. Poucas pessoas assistiam a uma banda, com uma bela mulher cantando. Sua voz era suave e cheia de for�a. Fred entrou, pediu uma cerveja e sentou-se numa mesa em frente ao palco.

A banda terminou de tocar e os integrantes sentaram-se numa mesa pr�xima. A vocalista levantou e caminhou em dire��o ao banheiro. Fred pediu mais uma cerveja. A garota voltou e sentou novamente.

Um rapaz forte, de camisa vermelha, chegou at� a mesa onde a banda estava e chamou a garota. Fred assistia tudo � dist�ncia. O rapaz pegou a garota pelo bra�o e levantou-a com for�a. Ningu�m na mesa agiu. Come�aram a discutir e ele a arrastou para fora do bar. Fred se levantou e foi atr�s.

– Cala a boca! Voc� n�o manda em mim! � gritava a garota.

– Cala a boca voc�, vadia! � falou o rapaz segurando seu bra�o.

– Me larga, voc� t� me machucando! Sai da minha frente!

Fred caminhou at� os dois e afastou o rapaz de camisa vermelha.

– N�o ouviu a mo�a? Ela disse pra voc� largar ela!

– Quem � voc�? N�o se meta, palha�o!

Fred desferiu um soco que quebrou o nariz do rapaz. O sangue se confundia com a camisa vermelha e ele caiu sentado no ch�o.

– Voc� est� bem garota?

– Sim, obrigada.

– Quer uma carona pra casa? Meu carro est� a umas duas quadras daqui.

Caminharam at� o carro e foram para a casa dela. Chamava-se Ana e morava sozinha. Havia vindo para a capital para tentar seguir a carreira de cantora. Era publicit�ria e namorava um colega de trabalho.

Chegaram em sua casa e Fred levou-a at� a porta.

– N�o vai me convidar para subir e tomar uma cerveja?

– Oh, certo, eu te devo essa. Venha.

Entraram e ela foi buscar duas cervejas. Fred sentou-se e admirou os porta-retratos, todos com Ana e algumas amigas. Quando ela voltou, sentou-se no sof� � sua frente.

– Ana, certo? Voc� � muito bonita para aturar um panaca daqueles.

– �… eu sei disso. Pegue sua cerveja.

Fred se levantou, pegou a cerveja e sentou ao lado dela.

– E por que voc� continua com ele?

– N�o sei, comodidade, eu acho.

Fred colocou sua cerveja sobre a mesa de centro, passou a m�o pelas costas dela e beijou-a rapidamente. Ela se assustou, mas sorriu. Beijou-a de novo, dessa vez mais lentamente. Ela largou a cerveja e retribuiu o beijo. Levantou e pegou Fred pela m�o, puxando-o at� o quarto.

– Me espere aqui, logo volto. � e foi at� o banheiro.

Fred voltou at� a sala e terminou de beber sua cerveja, pegou a dela e bebeu tamb�m. Quando Ana voltou, ele estava sentado na beirada da cama, terminando a cerveja. Ela estava nua, sob um robe de seda quase transparente.

Fred tirou a camisa e deitou-se, ela deitou ao seu lado. Passaram horas se amando.Quando terminaram, Fred foi at� o banheiro e tomou um longo banho. Quando saiu, ela n�o estava em casa. Em um bilhete estava escrito:

�Tive que ir para o trabalho.

Pode deixar a porta encostada quando sair.

Apare�a novamente no bar para a gente se ver.

Esta noite eu vou me apresentar de novo.

Ana.�

Fred vestiu-se, foi at� a geladeira e tomou uma cerveja. Pegou uma ma�� e saiu. Pegou seu carro e foi at� a sua casa. Nunca mais voltou �quele bar.

Anúncios

Autor:

Fábio Ricardo é jornalista blumenauense apaixonado pelo mundo digital, por inovação e por histórias pra contar. Acha que a vida é melhor cercada de gatos, em cima de uma Harley, com uma caneta na mão e uma cerveja em cima da mesa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s