Publicado em Geral

eu podia simplesmente fazer como a Claudinha – pra quem não só esse post, mas todo o blog é dedicado, afinal ela eh minha única leitora – e dizer que não queria falar nada sobre a data de hoje, mas no final acabar escrevendo uma ode aos amores utópicos, não-capitalistas e verdadeiros.

ou poderia ignorar a data e colocar aqui – sei lah – uma letra do Rammstein, sobre algo que nem sei o que eh, afinal nao entendo alemão.

ou ainda poderia colocar uma poesia de amor – mas não seriam todas as poesias, poesias de amor? – e falar palavras açucaradas à minha gatinha, que nem entra aqui.

poderia colocar dicas de filmes, que assisto em toneladas, na média de 3 por final de semana, citando assunto, gênero e crítica.

poderia também dizer o que ganhei/dei de presente do dia dos namorados.

poderia, quem sabe, desejar um ótimo dia dos namorados a todos, e aos que não tem, desejar que arrumem um bom logo.

mas não.
prefiro não dizer nada disso.

Anúncios

Autor:

Fábio Ricardo é jornalista blumenauense apaixonado pelo mundo digital, por inovação e por histórias pra contar. Acha que a vida é melhor cercada de gatos, em cima de uma Harley, com uma caneta na mão e uma cerveja em cima da mesa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s