Publicado em Geral

Agonias de uma raça

Imagem

Hoje eles choram por uma terra, por um tempo perdido que agora vive nas histórias contadas pelos velhos. Hoje os lábios, que outrora traduziam toda uma sabedoria, permanecem cerrados pela mão do homem branco. Caminham pela terra vestidos, despidos de sua cultura. Civilizados pelo homem selvagem de barba.

 Hoje não mais ouvem o silêncio, nem podem ver o futuro. Não mais esperam a brisa, mas padecem na tempestade. Não mais esperam a brisa, mas padecem na humanidade.

 

(Carlos Zimmermann)

 

– Letra da música Agonias de uma Raça, da banda Celina Conceição (Blumenau – SC). 

 

Anúncios

Autor:

Fábio Ricardo é jornalista blumenauense apaixonado pelo mundo digital, por inovação e por histórias pra contar. Acha que a vida é melhor cercada de gatos, em cima de uma Harley, com uma caneta na mão e uma cerveja em cima da mesa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s