Um novo ano para Fred

Ele já sabia no momento que desembarcou que odiaria aquela cidade. Toda aquela arquitetura falsa europeia, aquele povo falso europeu, aquelas atrações turísticas que não tinham nada de turísticas e muito menos de atrações.

Sentou à beira do rio por um instante. Não entendia a fixação da cidade por aquele rio. Era apenas um rio. Toda cidade tem rios. E nenhuma delas é especial pelo fato de ter um rio.

Acendeu um cigarro, olhou para o rio e simplesmente ficou ali. Imóvel. Apenas olhando.

A rua ainda carregava as decorações de Natal, enquanto a virada para um novo ano logo iria surgir. Ele não era o maior fã destas datas, fugia das festas e evitava o papo furado das pessoas discutindo sobre quem iria para qual praia.

Chamou um Uber e foi para o que chamaria de lar pelos próximos meses.

A pequena vila era bastante interessante. Não ficava longe do centro da cidade, mas mesmo assim mantinha um ar bucólico que só era reforçado pela quantidade de passarinhos em cima dos muros e das poucas palmeiras que circundavam o terreno. Um gato adormecido se banhava no sol.

Girou a chave na fechadura, entrou na casa mobiliada que lhe foi oferecida já no contrato de trabalho e largou a mochila sobre o sofá.

Na geladeira, um litro de água e duas caixas de latinhas de cerveja meticulosamente espalhadas uma ao lado da outra, em duas fileiras, o esperavam. No congelador, uma pilha de três lasanhas congeladas e uma forma de gelo.

Na porta, pendurado do lado de fora por um abridor de garrafas com um imã colado nas costas, letras femininas lhe davam boas vindas, com um número para que pudesse ligar.

A TV era a maior que já tivera. Na parede, um violão era o objeto de decoração. Parecia novo. Parecia ruim.

Subiu as escadas e encontrou o quarto, com uma cama grande e um guarda roupa que poderia guardar todas as roupas de três gerações de sua família.

No quarto ao lado, a escrivaninha demonstrava a função do aposento. Abriu a porta de metal e saiu para a varanda. Contou 10 pequena as casas no condomínio. Nunca tinha morado num lugar tão bom assim.

Desceu, apanhou uma cerveja e sentou no sofá. Antes que pudesse alcançar o controle remoto, sentiu o cheiro de maconha.

Saiu pela porta da frente e encontrou um sujeito tatuado, com algo que poderia ser o meio termo entre um moicano e um rastafári na cabeça. Ele usava uma regata branca e uma bermuda definitivamente muito mais curta do que seria aceitável. Aguava as plantas no jardim, baseado numa mão e regador na outra.

– você realmente tem um regador?
– oi?
– o regador. Nunca tinha visto alguém realmente usar um regador para molhar as plantas.
– eu acho bonito. Você deve ser o novo vizinho. O sindico falou de você.
– é mesmo? E o q ele falou?
– que você escreve. E que vai precisar de silencio.
– certo… E o que você falou?
– eu falei boa sorte.

 

Crie um blog agora mesmo e comece a escrever

Uma das primeiras dicas que dou a meus alunos na graduação de jornalismo é CRIE UM BLOG.
 
Se você já estiver num estágio mais avançado, crie um blog de nicho. Escolha um tema específico pelo qual você se interessa bastante e escreva sobre ele.
 
Já deixo claro: é preciso ser um assunto que você goste muito. Você vai passar os próximos meses estudando muito sobre este assunto para ter material sempre fresco e de qualidade para atualizar seu blog. É para poucos.
 
Se você ainda não chegou nesse nível, ou não conseguiu identificar um tema único que faça sentido dentro de seu coração, não tem problema. Não fique esperando esse tema chegar até você.
 
Crie um blog mesmo assim. Comece a escrever hoje mesmo. Comece a escrever agora. Comece a escrever qualquer coisa sobre qualquer coisa. O mais importante no início não é escrever bem. É escrever.
 
Escreva até sua mão cansar. Depois que sua mão cansar, continue escrevendo. Se for preciso, digite com uma mão enquanto a outra descansa. Depois troque, até cansar a outra também. E continue escrevendo.
 
Escreva todo dia, escreva até a mão doer, escreva até a mão sangrar. Escreva até não sentir mais a ponta dos dedos (vai por mim, é assim que você aprende a digitar com os outros dedos). Escreva até ficar meio vesgo, meio cego. Até a dor de cabeça virar enxaqueca.
 
Então descanse.
 
Amanhã você tem um novo compromisso com a escrita, e é bom que esteja recuperado.

Sobre a participação de Bolsonaro ontem na TV.

Precisamos falar sobre Bolsonaro.

Em entrevista ao Jornal Nacional, ele foi agressivo, arrogante e desrespeitoso. Pior ainda, conseguiu fazer com que os apresentadores caíssem no jogo dele e os deixou desconcertados. Eles perderam grandes chances, inclusive, de desmascarar o candidato, demonstrando as mentiras que falou no ar. Vamos lá:

 

Bolsonaro fugiu de uma pergunta sobre igualdade de salário entre homens e mulheres tentando colocar os apresentadores brigando entre si. Comentou que Renata Vasconcellos ganhava menos que Bonner para exercer a mesma função. Ela retrucou à altura, mas não precisava nem ter ido tão longe. Bolsonaro estava mentindo. Bonner é editor e redator chefe do Jornal, com muitos anos de casa e muitas atribuições a mais do que Renata. Seu salário é sim, muito mais alto do que o dela, mas porque ele é chefe dela. Pode existir machismo na Globo, mas o comentário de Bolsonaro foi mentiroso e/ou burro.

 

Outro auê foi sobre o tal livro, que tentou, inclusive à força, mostrar na TV. Bonner explicou claramente que as regras da entrevista não permitiam que ele apresentasse o documento e que isso inclusive tinha sido combinado anteriormente com o seu assessor. Bolsonaro foi indelicado e antiético tentando fazer com que o público acreditasse que a Globo proibia que ele mostrasse o livro por seu teor, e não simplesmente por ser propaganda não-autorizada.

 

E outra mentira: o livro em questão não está em sala de aula. Não, seu filho não está sendo doutrinado com este material e o tal do “kit gay”. É uma mentira enorme já explicada trocentas vezes pelo MEC. Bolsonaro sabe disso. Mas você não. Então ele mente para você e você fica revoltado por algo que nem acontece.

 

Outra mentira foi quando Bolsonaro falou e repetiu que havia sido o único deputado a votar contrariamente ao PEC das domésticas. Nos dois turnos, reforçou. Você sabia que Bolsonaro sequer votou contrariamente à PEC no primeiro turno de votações? Ele esbravejou contra, mas não computou seu voto. Ele simplesmente não votou. Outros dois deputados, inclusive, votaram contra. Mas Bolsonaro não foi um deles.

 

Mais uma mentira: Nunca ouve um seminário LGBT infantil, como ele disse. Muito menos a nona edição, que foi o que ele falou. O que houve, em 2012, foi uma reunião da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania LGBT, que discutia a segurança de crianças e adolescentes contra a violência familiar quando não se enquadravam nos padrões de gênero. Esta reunião aconteceu este ano novamente, acontece todos os anos com temas diferentes, e em 2018 foi sobre o envelhecimento da população LGBT. Mais uma “fake news” do candidato.

 

Outra mentira importante: Bolsonaro disse (e agora vou utilizar aspas) “nada tenho contra gay”. Isso por si só já é uma mentira, utilizando outras frases dele também entre aspas: “se eu vir dois homens se beijando na rua, vou bater”; “seria incapaz de amar um filho homossexual. (…) Prefiro que um filho meu morra num acidente do que apareça com um bigodudo por aí. Para mim ele vai ter morrido mesmo”; etc.

 

Até quando Bolsonaro fala que o Brasil não consegue exportar de forma competitiva “um prego” para o Paraguai, estava mentindo. Apenas neste ano o Brasil já exportou US$ 2.345.109 em pregos, percevejos e artefatos semelhantes. O Paraguai é, inclusive, o maior comprador de pregos do Brasil.

 

Outras 3 ou 4 mentiras eu deixei propositadamente de fora, pois foram mentiras menores e não tão distantes da realidade. Não convenço aqui nenhum eleitor do Bolsonaro a deixar de votar nele. Apenas façam isso direito, defendendo aquilo que vocês concordam com ele, como o uso da violência, o fim do estado laico, ou o que quer que seja. Mas Bolsonaro é uma metralhadora de mentiras. Não sejam vocês também.

Sobre púlpitos e ambulâncias

DEBATE
Presidential candidates are seen during their first televised debate at the Bandeirantes TV studio in Sao PauloSexta-feira temos mais um debate, dessa vez na Rede TV. A rede informou que manterá no palco um púlpito vazio, o que seria ocupado por Lula. Alckmin, porém, disse que não se opõe à ideia de Haddad ser chamado. Henrique Meirelles foi mais incisivo, dizendo que Haddad deveria ser chamado, afinal é o candidato do PT. Foi Ciro o mais contundente, se opondo completamente à ideia, e deixando claro “o PT é meu adversário”.
 
.
CAMISA DE FORÇA
Cabo Daciolo gravou um vídeo (que eu não vou linkar aqui porque vai que é doença) de 15 minutos de duração, do alto de um monte, explicando a relação entre a maçonaria, os Illuminati e o atual estado do mundo. também explica que a “estrutura de controle do mundo” planeja matar ele.
 
.
VINDE A MIM
Na EUA, uma gigantesca investigação judicial encontrou evidências de que cerca de 300 sacerdotes da Igreja Católica cometeram abusos sexuais a mais de mil menores de idade. As crianças foram persuadidas e não fazer denúncias, e os crimes foram encobertos durante 70 anos por bispos e outros líderes religiosos na Pensilvânia.
 
.
QUALIDADE DE VIDA
Viena é a melhor cidade do mundo pra se viver. Quem disse é o The Economist, que analisou as condições de moradia e qualidade de vida em 140 países do mundo, levando em conta 30 quesitos que passam por estabilidade, saúde, educação, infraestrutura, cultura e meio ambiente. Melbourne, na Austrália, vinha sendo campeão por 7 anos consecutivos e agora ficou em segundo lugar. Osaka, no Japão, vem em terceiro. Nenhuma brasileira aparece na lista (nem das 10 melhores e nem das 10 piores).
 
.
SAMU
Blumenau tem apenas 2 ambulâncias municipais do Samu. O que já é ridículo. Uma delas estava estragada, na oficina. Hoje de manhã a outra perdeu os freios, causou um acidente e agora Blumenau tem apenas uma ambulância do governo do estado atendendo toda a cidade.
 
.
GASTRONOMIA
Blumenau vai ganhar um parque gastronômico a céu aberto de mais de 5 mil metros quadrados e espaço para 28 restaurantes. Já demonstra-se desde já a preocupação em deixar claro que não é um food park gigante. Mas meio que é. Vai ficar lá na Itoupava Central.

Sobre empregos e pensamentos suicidas

PROFISSIONAL

excesso-trabalho-sobrecarga-dicas_1170x700Trabalhar demais faz mal pra carreira. Eu acredito num ditado que diz que trabalhar demais não te dá tempo de ficar rico. E trabalho assalariado nunca deixou ninguém rico. Mas agora um estudo realizado pela City University, de Londres, comprova o que eu digo: os pesquisadores analisaram os efeitos do trabalho exagerado e descobriram que faz mal tanto para a saúde quanto para a carreira. O bem-estar sofre com o estresse, fadiga e satisfação profissional, mas a carreira também sobre sob o ponto de vista de segurança no emprego, reconhecimento e perspectivas de promoção. Foram coletados dados de mais de 50 mil pessoas de 36 países.

 

.

SALIVANDO

Já pensou ser contratado para comer nutella? A Ferrero está contratando 60 pessoas comuns para provarem seus produtos. Ela produz Nutella, Ferrero Rocher, Kinder Ovo, e outras delícias desse mesmo nível. A vaga é para “juízes sensoriais” que irão provar as matérias primas como avelãs,  cacau e outros doces. Até então a função era exercida por especialistas, técnicos especializados. Agora eles querem dar treinamento a pessoas comuns para terem um julgamento mais parecido com o da grande massa. O trabalho é na Itália e você pode se inscrever pelo e-mail alba@openjob.it com a referência RIF. ALB01

 

.

ACUSAÇÃO

Segundo o jornal El País, o vice de Bolsonaro, General Mourão, é acusado de ter facilitado a entrada de uma empresa espanhola em uma licitação do exército, após ser reprovada oito vezes pelo corpo técnico.

 

.

ATENTADO

Um ex-chefe de polícia venezuelano, Salvatore Lucchese, assumiu a autoria do atentado com drones que tentou matar o presidente Nicolás Maduro no início do mês. E prometeu que vem mais por aí.

 

.

VEG

Londres é a cidade mais vegetariana do mundo, num cálculo que leva em conta o número de restaurantes cadastrados. São quase 300 restaurantes vegetarianos. Em segundo vem Berlim, seguidos de Nova York e Portland. São Paulo ficou em 15° lugar.

 

.

SUICÍDIO

Pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul analisaram mais de 21 mil respostas de adolescentes entre 12 e 19 anos para medir qual o impacto da série 13 Reasons Why na visão de jovens brasileiros sobre suicídio e bullying. Entre os sem nenhum sintoma negativo, 4,7% ficaram com mais vontade de se matar. Nos que já sofriam de pensamentos depressivos, 21,6% pensaram mais a respeito. Porém, 49,5% disse que diminuíram seus pensamentos suicidas depois de assistir a série. Dos pesquisados, 41,3% disseram que já praticaram bullying, mas 90,1% afirmaram fazer menos depois de ver a série.

Sobre republiquetas e super heróis

 

CONSPIRAÇÃO

capaaEm 2001, Maria Lucia Victor Barbosa cunhou a sigla URSAL. Era uma piada, ironizando o Foro de São Paulo. Ela chamou de União das Republiquetas Socialistas da América Latina, URSAL, essa brincadeira, de forma irônica. Mas ela não imaginava o poder tão grande das fake news no controle de pessoas mal intencionadas e pouco informadas. URSAL parece ter virado uma das grandes inimigas da direita burra. Culpa de Olavo de Carvalho, que passou a espalhar o fato como se fosse verídico para seu público de extrema direita. Candidato Daciolo deu o empurrãozinho que faltava para popularizar.

 

.

TECNOLÓGICOS

G1 realizou uma entrevista com 5 dos candidatos à presidência sobre seus planos para a inovação e tecnologia. João Amoêdo aposta num documento de identidade único e digital, facilitando a desburocratização de serviços. Boulos quer universalizar a internet terminando com pontos onde a internet não pega nas cidades. Também quer aumentar o investimento em pesquisa. Henrique Meirelles quer unificar todo o Governo em um único sistema. Alckmin quer utilizar a tecnologia na segurança, principalmente no monitoramento das fronteiras territoriais. Marina destaca o uso da tecnologia para ampliar a transparência do estado.

 

.

FIESC

Os empresários blumenauenses Ronaldinho Baumgarten Jr (Baumgarten), Ulrich Kuhn (Hering) e Rui Altenburg (Altenburg) assumiram a diretoria da Fiesc, Federação das Indústrias de Santa Catarina. Ficam no poder até 2021.

 

.

ATRASO

Os novos terminais urbanos de Blumenau já eram pra ficar prontos em outubro deste ano. Atrasou tudo e o novo prazo é para maio de 2019. O grande lance é que se atrasar mais e não ficar pronto até agosto, Blumenau perde os R$ 34 milhões que o BID está pagando da obra, e vai ter que bancar do próprio bolso.

 

.

VACINA

Prefeito Mário assinou uma lei que obriga a vacinação para que a crianças possa ser matriculada na rede municipal de ensino. A mesma obrigatoriedade também vale para famílias que queiram utilizar programas assistenciais e habitacionais no município.

 

.

SUPER MÔNICA

Está na moda fazer crossover entre personagens. Batman com Super Homem, Homem Aranha com Capitão América e os Guardiões da Galáxia, etc… Mas o crossover que vai chamar a atenção agora fica por conta da parceria entre Mauricio de Souza, a editora Panini e a DC Comics. Isso mesmo, Mônica de frente com o Super Homem e Batman sendo o companheiro de aventuras do Cebolinha. Chega às bancas em dezembro.